Eu sempre tive um certo

Eu sempre tive um certo preconceito quando o assunto era psicologia, achava desnecessário sentar e contar seus problemas pra alguém que não te conhece e que ao meu ver, errôneo e distorcido por sinal, pouco iria fazer. É de coração aberto que digo que pensava que iam me dizer coisas que eu já sabia e eu ia sair do mesmo jeito que entrei. E pelo andar da conversa, você que está lendo esse depoimento já imagina que o rumo dessa prosa vai mudar é?!
Infelizmente eu e a maioria das pessoas não são educadas a entender que o cuidado emocional é tão importante quanto o físico. E, com essa mentalidade vamos vivendo a nossa vida, de forma impetuosa e desenfreada, carregando nos ombros todos os nossos traumas, todas as nossas angústias, tudo que está mal resolvido dentro da gente….
Porém, isso uma hora ou outra acaba pesando não é mesmo?!
E isso aconteceu comigo na pandemia! Ai você deve estar pensando: com você e quase 100% da população mundial né linda?! hahaha não! eu não sou o alecrim dourado que nasceu no campo, mas estou aqui para contar a minha experiência: eu jamais na vida pensei que sentiria a cura de um trauma, jamais imaginei que a terapia seria um divisor de águas tão grande na minha vida.
A Mônica me pegou no meu momento mais frágil, mais ferido, mais solitário e com todo amor e cuidado me resgatou do fundo do poço em que me encontrava emocionalmente.
Eu lembro até hoje do que eu disse na mensagem que enviei pra ela: “eu tenho vontade de me jogar desse prédio”… e mais ainda do final da conversa onde ela disse: “eu vou te ajudar”
E ajudou mesmo!
Já passamos por um longo processo, de eu chorar compulsivamente de soluçar, após uma sessão de EMDR, de eu não conseguir respirar de tanta ansiedade, de achar que ela estava perdendo o tempo dela, que eu não tinha solução, nossa tanta coisa….
Eu sei que estamos no meio do caminho (são muitos traumas, rs) que é um processo longo, que precisa muita mansidão e força pra passar, mas o que eu tenho total confiança em dizer é que: a Mônica é instrumento nas mãos de Deus pra ouvir, pra acolher e para curar!

Minha gratidão por você será eterna!

Posted in .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *